sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Telescópio Kepler encontra 715 novos exoplanetas

Este histograma mostra o número de exoplanetas por tamanho. As barras azuis representam todos os exoplanetas conhecidos até ontem. As barras douradas representam os exoplanetas recém-verificados do Kepler e anunciados hoje.[Imagem: NASA Ames/W Stenzel]

Verificação por multiplicidade


A equipe responsável pelo telescópio espacial Kepler confirmou a existência de 715 novos exoplanetas.

Esses planetas extrassolares orbitam 305 estrelas, mostrando que sistemas de múltiplos planetas com o nosso Sistema Solar são comuns.

Quase 95% destes planetas são menores do que Netuno, que tem quase quatro vezes o tamanho da Terra - um porte mais parecido com a Terra do que exoplanetas do tipo gigantes gasosos, como Júpiter, que eram mais comuns no início das pesquisas.

Desde a descoberta dos primeiros planetas fora do nosso sistema solar, cerca de duas décadas atrás, o grande trabalho tem sido a confirmação dessas descobertas, o que dependia de uma laboriosa verificação planeta por planeta.

Agora os astrônomos inventaram uma técnica estatística que pode ser aplicada a muitos planetas de uma só vez quando eles são encontrados em sistemas que abrigam mais de um planeta em torno da mesma estrela.

A equipe do Kepler chama a técnica de "verificação por multiplicidade", que se baseia, em parte, na lógica da probabilidade.